À mão de semear com…Filipa Range

with Sem comentários

a-cozinha-verde

Esta semana trago-vos novamente a rubrica “à mão de semear com”. A Convidada é a Filipa Range, autora do Livro e blogue com o mesmo nome – A cozinha Verde.

“A Cozinha Verde lecciona, todos os meses, workshops de cozinha, show cookings, palestras e outros eventos de alimentação saudável, para empresas e particulares. Disponibiliza ainda o “Vegan em casa”, um serviço ao domicílio que oferece um workshop personalizado seguido de refeição, 100% adaptado às necessidades do cliente.”

 

“Fazer uma alimentação de base vegetal, privilegiando alimentos locais, sazonais e biológicos é uma excelente forma de diminuir a nossa pegada ecológica, cuidar da nossa saúde e respeitar a vida de outros seres vivos.” Filipa Range

 

À mão de semear com…..Filipa Range do blog A Cozinha Verde

 

1. Se tens ou tivesses uma horta, o que nunca poderia faltar? O que gostarias de ter sempre à mão de semear?

“Cultivo algumas ervas aromáticas em casa mas gostava muito de ter uma pequena horta (é o próximo passo)! Quando a tiver, quero ter de tudo um pouco, consoante a época do ano.

Adorava ter à mão de semear tomates, batatas, cebolas, muitas couves, alfaces, physalis e morangos!”

 

2. Para ti, quais são as maiores vantagens de cultivar alimentos em casa?

“Em primeiro lugar, o amor que depositamos no processo, desde a plantação à colheita e posterior confeção do alimento. Acho que faz mesmo toda a diferença e é uma atividade terapêutica. Depois, o facto de sabermos exatamente o que estamos a comer (sem químicos à mistura) e a sustentabilidade. Por último, a poupança associada.”

 

3. Consideras que uma alimentação saudável e sustentável pode melhorar o mundo? De que forma?

“Sem dúvida! Fazer uma alimentação de base vegetal, privilegiando alimentos locais, sazonais e biológicos é uma excelente forma de diminuir a nossa pegada ecológica, cuidar da nossa saúde e respeitar a vida de outros seres vivos.

Uma alimentação de base vegetal gasta menos recursos naturais comparativamente a uma alimentação à base de produtos de origem animal. Comprar produtos nacionais e de produtores locais é mais sustentável do que comprar produtos vindos do estrangeiro. Para além disso, estamos desta forma a apoiar a economia local e os pequenos produtores.

Respeitar a sazonalidade dos alimentos é respeitar o meio ambiente. Os alimentos sazonais são produzidos em bases mais sustentáveis pois seguem o seu ciclo de vida natural, o que significa que não necessitam de tanta intervenção externa durante a sua produção. Para além disso, são mais biodisponíveis em termos de nutrientes e geralmente mais económicos. Por último, a agricultura biológica é de forma geral mais sustentável e ecológica, desde que realizada através de processos que não sejam nocivos para o ambiente e sempre que possível com recursos renováveis. Os princípios básicos da agricultura biológica passam pelo respeito pelo ciclo de vida do alimento e pela diminuição do impacto do homem sobre o ambiente e o sistema agrícola.”

 

4. Uma sugestão de receita do teu blogue…

[cliquem nas imagens para verem as receitas no blogue da Filipa]

 

Hambúrguer de Grão, Cenoura e Coentros :: Dicas para hambúrgueres 100% vegetais perfeitos

 

Barras energéticas de noz, damasco e sementes de abóbora | Como eliminar o vício do açúcar e produtos processados?

 

Espero que tenham gostado tanto quanto eu, desta partilha simpática da Filipa. Espreitem o seu blog a cozinha verde e cultivem bons sabores, desta vez na cozinha! 🙂

Se quiserem ficar a par de todas as novidades por aqui, façam a inscrição da minha Newsletter. Se gostaram deste artigo, não esqueçam de partilhar com os vossos amigos e deixem os vossos comentários em baixo!

Susana

Deixe um comentário