Uma visita ao meu jardim comestível!

with 2 comentários

 

Sim, não tenho terreno, mas como digo sempre, isso não é desculpa para não plantar! Julho é um dos meses com mais cultivos no meu jardim aromático e comestível! É assim como gosto de lhe chamar. Na verdade não tenho uma horta isolada e escondida, ou menos visível. Tenho plantados os meus cultivos da horta, como os vários legumes e ervas aromáticas no jardim e por isso lhe chamo o meu jardim comestível!

 

Gosto de plantar alfaces com várias flores, como dálias, zínias e bocas de leão. Planto girassóis em vasos grandes e combino com alho francês, beterraba e camomila. Misturo curgetes com brincos de princesa e majericão com morangos, alfaces e espinafres. Vou cultivando para o “gasto da casa” alfaces, malaguetas, acelgas, espinafres, rúcula, salsa e tantas outras variedades de ervas aromáticas e medicinais.

O que cultivo no meu jardim comestível!

As variedades de ervas aromáticas do meu jardim

Como disse em cima, gosto de fazer misturas em canteiros e vasos. Tenho plantadas as seguintes variedades:

  • Salsa
  • Coentros
  • Camomila
  • tomilho
  • orégãos
  • erva-cidreira
  • erva do caril
  • Lúcia-lima
  • hortelã
  • poejo
  • alfazema
  • calêndula
  • manjericão
  • boldo
  • salsa
  • coentros
  • segurelha
  • erva príncepe
  • alecrim
  • estragão
  • louro
  • salva ananás
  • salva
  • cebolinho

Vejam este artigo, onde descrevo as variedades de ervas aromáticas que cultivo no meu jardim.

Podem ainda ter interesse neste artigo, sobre dicas para cultivar os 3 grupos de ervas aromáticas

As variedades de flores do meu jardim

Tenho ainda as seguintes variedades de flores:

  • girassóis
  • alyssum
  • tagetes
  • dálias
  • zínias
  • amores perfeitos
  • bocas de leão
  • brincos de princesa
  • gladíolos
  • alegrias do lar

As variedades de hortícolas que tenho plantadas no jardim

E estas são as variedades de hortícolas que tenho plantadas nesta época do ano:

  • alface
  • tomate
  • pimento padrón
  • malagueta
  • beterraba
  • espinafres
  • rúcula
  • cebola
  • cenouras
  • alho-francês
  • espinafres
  • acelgas
  • pepinos

 

Espreitem o vídeo que decidi partilhar e façam uma pequena “tour” pelo meu jardim comestível!

 

 

Se gostaram deste artigo, não esqueçam de partilhar com os vossos amigos e familiares. Podem ainda partilhar todas as vossas dúvidas ou curiosidades que tenham sobre a vossa horta ou jardim e façam bons cultivos! 🙂

 

Tenho ainda uma sugestão!

Se pretendem aprender mais sobre cultivo e utilização de ervas aromáticas espreitem o meu ebook e livro Jardim de Ervas Aromáticas. Desenhei este guia prático para quem quer plantar mais ervas aromáticas no seu jardim e para quem quer conhecer mais sobre as suas propriedades e formas de utilização diversas na cozinha.

[cliquem na imagem para mais informações]

 

Guardem este pin!

 

 

 

2 Responses

  1. Vera
    | Responder

    Boa tarde Caseiro,
    Encontrei-a ao procurar um “remédio” para as minhas aromáticas, estavam lindas no inicio da Primavera, as hortelâs, tomilhos, cidreira, as folhas verdes dum momento para o outro ficam cheias de “linhas/pintinhas” minúsculas acastanhadas e, não só as aromáticas, também todas as demais plantas começam a ficar com mau aspecto… Deixei de apanhar hortelã ou cidreira… têm aroma mas um mau aspecto terrível. Ofereceram-me mais variedades de hortelã e também elas ficaram assim… e por todo o lado no terreno. Parece-me que será um fungo. Vou tentar a sua receita em quantidade industrial, até mesmo no diospireiro, na minha zona vejo muitos assim… a folha começa verde linda e repentinamente passa a ter uma orla castanho/amarelada e pintas, aos pouco todo o diospireiro está assim, carrega de fruto e este cai. neste momento só um 1/4 manteve as folhas com melhor aspecto e tem fruto; Não sei se corte os ramos piores… é uma batalha diária… fertilizo com composto de galinhas, liquido do vermicompostor, consolda e casca de banana.
    O solo é de areia pura 🙁 o estrume e aditivos colocados (permacultura) desaparecem… A temperatura nos dias mais quentes rondam os 4o e muitos graus, tenho redes sombra espalhadas por todo o lado. Ainda não consegui a rega automática por todo o terreno por isso, rego dia sim dia não, é agua da companhia. Desculpe já vai longa a resenha, aceito sugestões. Beijinhos

    • A Caseiro
      | Responder

      Olá Vera,
      O seu testemunho é importante, e desde já fico grata por ter feito esta partilha de experiência. Assim, todo o conteúdo que venha a criar, pode ser mais direccionada para as necessidades que me chegam, podendo ser mais útil no futuro.
      Quanto às dificuldades que indica, parece-me que devem ser doenças causadas por fungos ou mesmo vírus. de um modo geral as doenças ou pragas, aparecem quando existe alguma carência de nutriente (macro ou micro nutrientes), por isso, talvez seja por aí que deva começar. Verificar a estrutura do seu solo, e dos nutrientes que vai fornecendo às plantas. Já percebi que se preocupa em adicionar nutrientes de composto e vermicomposto, ricos em matéria orgânica, mas podem ser necessários outros micronutrientes, como cálcio ou magnésio e potássio (mais necessários nas hortícolas e árvores de fruto).
      Eventualmente, pode ainda ser útil a medição do ph do solo, pois em alguns casos, se este não estiver neutro, é mais difícil manter o equilíbrio dos restantes nutrientes.
      Tenha sempre presente que cultivar é sempre uma experiência cheia de imprevistos e por isso, uma aprendizagem constante. Ir testando e aprendendo!
      Depois partilhe comigo se resultou a receita para prevenção de doenças.
      Obrigada e bons cultivos!

Leave a Reply

Cultivos da Época- saibam o que plantar em cada mês - 

Subscrevam a newsletter e recebam gratuitamente um calendário mensal com as variedades de legumes, ervas aromáticas, flores e frutos para plantar!

O seu consentimento é importante...