Tomate seco em azeite – receita simples

with 1 comentário

tomate-seco

Já provaram tomate seco ao sol? O tomate seco é perfeito para adicionar em receitas diversas, ideal para dar sabor mais intenso a molhos, massas ou simplesmente numa bruschetta. Já utilizaram certamente nas vossas receitas, mas já fizeram tomate seco em casa?

Eu tentei pela primeira vez e correu bem, foi um processo simples mas necessitou de alguma paciência e atenção. Como optei por fazer a secagem ao sol, não foi um processo rápido, demorou uns 4 dias, mas o resultado recompensou a espera. Depois para acrescentar mais sabor e ajudar a conservar, adicionei orégãos da minha horta e guardei em frascos cobertos com azeite dos meus pais. Vale a pena experimentar, uma maravilha, vão ver!

 

A desidratação é uma excelente forma de conservação de alimentos. Uma vez desidratados, os alimentos mantêm quase todo o sabor e nutrientes e desta forma podem ser armazenados por longos períodos.

Tomate seco em azeite e oregãos

O que vão precisar

Ingredientes
  • 1 kg de tomate-chucha ou rama bem maduros
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 azeite extra virgem para cobrir
  • 1 dente de alho
  • orégãos secos ou outras ervas aromáticas a gosto
Utensílios
  • Tábua de corte
  • Faca de cozinha
  • Grelha
  • Papel de cozinha absorvente
  • 1 frasco de vidro com tampa

Secagem ao sol – 1.º dia

Secagem ao sol – 2.º dia

Secagem ao sol – 3º. dia

 

Tomate seco em azeite – Como fazer?

1. Lavar os tomates em água corrente

2. Cortar ao meio no sentido longitudinal e retirar o pedúnculo e as sementes

3. Misturar o sal e o açúcar e polvilhar as metades de tomates viradas para cima. O sal adicionado serve como conserva e o açúcar ajuda a cortar a acidez. Não servem como tempero.

4. Depois de polvilhados, colocar as metades de tomate num tabuleiro, de preferência numa grelha ou em papel absorvente por baixo, já que o tomate vai libertando água durante a secagem.

5. Colocar o tabuleiro ao sol. se possível vire as metades de tomate, duas horas depois e deixar ficar num local com muito sol durante o dia. devem ser recolhidos à noite. Dependendo da incidência solar e da dimensão do tomate, devem ficar secos em 3-4 dias.

6. Virar as metades de tomate, todos os dias (de manhã e à noite) e trocar o papel absorvente.

7. tomate está pronto quando as pontas estiverem secas e arredondada

8. Colocar os tomates secos em camadas dentro de vidros esterilizados, temperar com alho e orégãos secos e cobrir com azeite. Podem ser adicionadas outras ervas (como manjericão, alecrim ou outro temperos), mas devem ter o cuidado de escolher preferencialmente ervas secas ou proceder ao branqueamento para evitar contaminação do azeite. Vejam neste artigo como se faz.

9. Cobrir com azeite até preencher o vidro, para garantir a conserva.

10. Guardar num local seco e escuro, para ajudar a conservar (até 3 meses).

 

Tomate seco – método de preparação no forno

Repetem-se os mesmos passos descritos anteriormente (de 1-4).

Depois, retirar o líquido que criam e levar os tomates ao forno a 150 ºC por 30 minutos. A cada 30 minutos retirar o líquido que criar, virar os tomates, polvilhar mais da mistura e voltar ao forno. Repetir o processo até que os tomates fiquem secos. Deve demorar de 3 a 4 horas dependendo do forno. Quando estiverem secos, reserve.

Depois de secos, repetir os passos descritos em cima (7 e 8).

Podem ver aqui, uma receita com passo a passo no forno.

tomate-seco-em-azeite-com-orégãos-e-alho

Tomate seco em azeite com orégãos e alho

tomate-seco

Podemos ainda utilizar o azeite perfumado para temperar saladas e outros pratos que acharem adequados.

Gostaram desta proposta de conservação? Confesso que conhecia tomate seco, mas achava que não seria muito fácil fazer a secagem em casa. Se gostam de tomate seco, partilhem comigo as vossas receitas preferidas com esta delícia da cozinha mediterrânica. Se já secaram tomate em casa, ou vão experimentar esta experiência, digam-me como correu e não esqueçam de partilhar este artigo com os vossos amigos.

Façam bons cultivos, desta vez, na cozinha! 🙂

 

Tenho ainda uma sugestão!

Aprenda a substituir sal por ervas aromáticas e a usar alternativas saudáveis e mais naturais participando no workshop (utilizações condimentares e medicinais).

[cliquem na imagem para mais informações]

Follow A Caseiro:

Sou a Caseiro e amo cultivar! Todos os dias cultivo alimentos, mas também experiências novas que me enchem a alma.

One Response

  1. zvodret iluret
    | Responder

    It is really a nice and useful piece of info. I am glad that you shared this useful info with us. Please keep us up to date like this. Thank you for sharing.

Leave a Reply

Cultivos da Época- saibam o que plantar em cada mês - 

Subscrevam a newsletter e recebam gratuitamente um calendário mensal com as variedades de legumes, ervas aromáticas, flores e frutos para plantar!

O seu consentimento é importante...