Como aliviar a gripe com ervas aromáticas!

Se tem um jardim aromático, será um desperdício não tirar o máximo proveito de algumas das ervas que cultiva. Neste artigo, vou trazer algumas sugestões simples de aliviar a gripe com ervas aromáticas!

Provavelmente já as utiliza na cozinha ou mesmo na preparação de alguma infusão, acertei?

Talvez não seja tão habitual a sua utilização em preparados medicinais (como xaropes, tinturas ou decocções para inalação). Não fiz nenhum estudo, apenas partilho a minha humilde conclusão, através da abordagem da maioria dos meus alunos participantes dos meus workshops de ervas aromáticas.

Sabia que algumas das ervas que utiliza na cozinha, podem ser grandes aliadas no alívio de alguns sintomas chatos da gripe, como dor de garganta, tosse e mesmo nariz entupido?

Confesso que nem sempre aproveitei o excedente de produção de ervas que tinha durante a Primavera-Verão para depois utilizar nos meses de inverno. Quando comecei a secar mais ervas, comecei a explorar mais os seus efeitos medicinais, não apenas com a preparação de infusões, mas também na preparação de óleos macerados para massagem e pomadas caseiras para a pele.

Se não tem ervas aromáticas secas, também pode utilizar ervas frescas. Nesse caso, deve ter em conta que nesta altura de inverno, a sua concentração de óleos essências e princípios ativos é menos concentrada.

Quando o vírus da gripe aparece em casa, é uma grande chatice e por vezes demora para passar. É certo que existem muitos medicamentos e remédios na farmácia para alívio de sintomas, mas também podemos fazer algumas receitas bem simples com ervas do nosso jardim que trazem um alívio imediato e são 100% naturais.

Esta é uma das razões que me tem feito apaixonar pelo mundo das plantas e em particular das ervas aromáticas e medicinais.

Além de acrescentarem beleza, cor e aroma ao nosso jardim ainda trazem sabor para cozinha e ajudam na nossa saúde. Ainda poderia falar nos benefícios para a horta, já que a grande maioria também ajuda na prevenção de pragas, mas isso é fica para outro artigo!

Se quiser saber mais sobre o cultivo e utilização de ervas aromáticas, conheça o meu ebook e livro Jardim de Ervas Aromáticas, um guia prático para quem já cultiva ou quer cultivar e utilizar mais variedades de ervas aromáticas e medicinais. Tenho ainda um workshop online onde mostro na prática como fazer o seu sabão natural de ervas aromáticas!

Como aliviar a gripe com ervas aromáticas

Que ervas aromáticas podemos utilizar para preparar remédios caseiros?

Tomilho para tosse com expetoração ou problemas de sinusite – o tomilho é uma erva comum e mais utilizada na culinária, sendo pouco conhecidas as suas propriedades medicinais. É ideal para ajudar a aliviar e limpar as membranas mucosas, e por isso um bom aliado no combate da tosse.

Veja neste artigo, mais dicas para cultivar tomilho no jardim. Espreitem aqui uma receita caseira de xarope de tomilho com limão e mel.

A Salva: é uma escolha ideal para dores de garganta – pode ser utilizada em infusões para beber ou fazer gargarejos (infusão simples ou adoçada com mel). Também utilizo esta erva na preparação de xaropes para alíviar garganta irritada. Neste vídeo, mostro como preparar.

O cebolinho é antibacteriano e rico em vitamina C. Sendo da família do alho e da cebola, pode ser utilizado em quase todos os pratos, devendo ser adicionado às refeições cozinhadas, preferencialmente no final do cozinhado. Ajuda a reforçar o sistema imunológico.

O manjericão: muito rico em anti-oxidantes, é à semelhança do cebolinho, antibacteriano e antiviral, o que o torna uma erva aromática ideal para trazer mais sabor às refeições, mas também poder auxiliar no combate de gripes e viroses típicas desta altura do ano. Pode ser ainda utilizado para preparar infusões que podem ser adoçadas com mel. (se ainda não cultivam manjericão deixo-vos 5 razões para o fazer e algumas dicas de cultivo. Espreitem ainda duas utilizações desta erva aromática na cozinha: vinagrete de manjericão e molho pesto.)

Orégãos: Esta erva tão comum na maioria das cozinhas, é carregada de antioxidantes. Um banho de pés (escalda pés) preparado com uma decoção orégãos, ajuda a transpirar e aliviar a a febre.

Aliviar a gripe com ervas – 4 remédios caseiros eficazes!

Existem inúmeras maneiras de utilizar estas ervas para remédios naturais. Aqui estão alguns dos métodos mais simples para aliviar a gripe com ervas aromáticas:

  • Infusões ou tisanas: basta preparar uma chávena de chá de ervas. Este é provavelmente o método mais fácil e rápido de preparar um remédio caseiro. Por norma, colocamos 1 colher de sopa de erva fresca ou 1 colher de chá de erva seca para cada 500 ml de água fervente. pode adoçar a gosto e beber devagar.
  • Xaropes de ervas: Neste artigo tenho receita de um dos xaropes que já preparo e utilizo cá em casa com os meus pequenos há uns 2-3 anos. São realmente fáceis de preparar e duram facilmente entre 1 a 2 semanas.
  • Oximel: Um oximel é uma palavra chique para uma mistura de ervas, vinagre e mel. Considere fazer um oximel de salva ou tomilho ou orégãos para ajudar a combater as constipações e dores de garganta com esta mistura saborosa.
  • Tintura: Uma tintura prepara-se com a infusão de ervas em álcool ou glicerina (versão não alcoólica). Estes são profundamente concentrados e podem proporcionar um alívio poderoso. pode ser tomada doseadamente, ou diluída em infusões. Veja aqui como preparar.

Estas são apenas algumas dicas de utilização para aliviar a gripe com ervas muito comuns, mas sei que vulgarmente são utilizados muitos alimentos ricos em vitamina C (como o limão) e outros antioxidantes (o gengibre).

Agora é a sua vez, deixe nos comentários quais são as receitas favoritas para ajudar a aliviar os sintomas das gripes e constipações. Se gostou das sugestões deste artigo, não esqueça de partilhar com amigos e familiares!

Nesta altura , redobrem todos os cuidados com a saúde e aproveitem os tempos em casa para cultivar mais!

Slider

Guardem este Pin! (passem pelo meu pinterest)

aliviar a gripe com ervas aromaticas

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *