Como cultivar alho-francês

É um dos cultivos mais fáceis para qualquer horta urbana e adequado para cultivar nas 4 estações. Pode plantar alho-francês mesmo em vaso, numa varanda ou terraço!

É uma planta muito apreciada na culinária na confeção de tartes, sopas e caldos. O alho-francês é da família das cebolas e dos alhos (grupo das aliáceas), mas é diferente por ter caules mais compridos e grossos.

Ao contrário dos seus “primos” mais comuns, o alho-francês não produz um bolbo arredondado mas sim um cilindro formado por folhas encaixadas umas nas outras. Este cilindro (caule engrossado), de cor branca, é a parte mais comestível da planta. No entanto, há quem também aprecie a parte verde das folhas que crescem acima do solo.

Uma curiosidade: este legume de raiz, já era já cultivado pelos antigos Egípcios, Gregos e Romanos que depois o dispersaram por toda a Europa.

alho francês

1.Como cultivar alho-francês

O cultivo do alho-francês pode ser feito por sementeira (direta ou em viveiro) ou por plantação. É uma planta bianual, cultivada como anual. As suas folhas são largas e lisas.

Embora seja uma cultura resistente ao frio, tem paragem de crescimento aos 5ºC, sendo a temperatura óptima de desenvolvimento entre os 12 e os 23ºC.

Como semear alho-francês

As sementes do alho-francês podem ser semeadas diretamente no solo no início da primavera. No entanto, para obter plantas mais robustas, o ideal é semear em viveiro nos meses de janeiro-fevereiro e fazer a transplantação quando a planta tiver mais ou menos a grossura de um lápis.

Esta é a forma também de anteciparmos um pouco a época de plantação, já que conseguimos colocar no solo plantas mais “preparadas” para as temperaturas frias que ainda se possam sentir.

Como plantar alho-francês

Como é um cultivo que se desenvolve abaixo do solo, devemos ter todo o cuidado na preparação da terra, deixando-a solta e sem pedras, pois podem impedir o crescimento normal do talo (caule engrossado).

Antes da plantação, deve misturar a terra com composto ou húmus bem curtido.

Se vai iniciar o cultivo e for plantar em vaso ou canteiro, escolha um substrato adequado para horta. Se for biológico melhor. Nos meus cultivos, utilizo a gama de substratos ricos em matéria orgânica, para horta bio da Nutrofertil Nutreasy.

Se plantar num vaso com substrato já utilizado, não precisa de o substituir. Nesse caso, deve acrescente algum húmus ou composto orgânico, para garantir uma melhoria da estrutura do substrato bem como aporte de nutrientes necessários. (se quiser aprender a fazer compostagem espreite este curso de compostagem caseira da Muga Tuga)

Se as raízes das plantinhas estiverem muito desenvolvidas, pode-se fazer um corte com uma tesoura de poda ou uma faca (tal como fazemos com as mudas dos morangueiros).

A plantas devem ser plantadas em pequenas covas com uma profundidade de 15 cm, separadas por 10-15 cm entre plantas e 20-25 cm entre linhas de plantas.

Devemos ter o cuidado de enterrar bem a muda e “aconchega-la” bem. Depois da plantação, devemos regar, sem encharcar.

alho francês

2. Condições de cultivo e manutenção

  • Exposição solar: Prefere locais com bastante luz, preferencialmente luz solar direta, mas tolera a meia-sombra (mínimo de 4H de sol/dia).
  • Associações desfavoráveis: beterraba, ervilha, feijão, repolho.
  • Associações favoráveis: aipo, alface, cebola, morangos.
  • Rega: importante regar regularmente durante o cultivo, pois as raízes não são muito profundas, logo precisam de ser regadas com mais regularidade. Devemos evitar molhar muito as folhas, pois podem provocar ataques de doenças e pragas.
  • Infestantes: Para evitar o aparecimento de infestantes, o mais indicado é a aplicação de “mulching” com materiais vegetais (ex: palha).
  • Amontoa: Para desenvolver a parte branca do alho-francês, devemos recorrer à técnica da amontoa, que consiste em envolver a base da planta com terra, formando pequenos montinhos à volta da planta. Esta técnica também ajuda a planta a resistir a ventos forte e não tombar.
  • Dica de rotação: nunca cultivar alho-francês onde anteriormente tenha cultivado alho ou cebolas.

alho francês em vaso

3. Como colher e utilizar!

Como a parte mais apreciada é o talo branco, há que esperar algum tempo para que este se desenvolva. Por isso, a colheita pode ser feita passados 4-5 meses após a plantação. No entanto, para quem gosta de comer em saladas, a colheita pode ser feita um pouco mais cedo.

Também pode ser deixado na terra, mesmo depois de estar pronto para colher. No entanto, durante os meses mais quentes de primavera e verão pode começar a espigar, nesse caso, deve colher antes. 

Se pretendes começar uma horta em casa, mesmo que nunca tenhas tido a experiência de cultivar, faz a matrícula na minha ACADEMIA DA HORTA & JARDIM.

 

A inscrição na Academia da horta é uma assinatura anual de uma plataforma com conteúdo variado e exclusivo dos jardineiros (alunos) aderentes. Todos os cursos online, ebooks, tutoriais, aulas ao vivo e esclarecimento de todas as dúvidas durante 1 ano de acesso. Inscreve-te aqui e acede já a todos os conteúdos exclusivos!

Espero que este artigo lhe seja útil e se tiver dúvidas, pode deixar nos comentários ou contactar-me através das minhas redes sociais. Aproveite para subscrever o meu canal do youtube e partilhar!

2 thoughts on “Como cultivar alho-francês”

  1. TERESA CABIDO

    Olá Susana
    Quero agradecer muito a qualidade das suas formações e a inegável entusiástica partilha que faz dos seus conhecimentos.
    Vou acompanhar sempre o seu blob e as suas formações, e só tenho pena que esteja tão longe, senão estaria presente nas suas ações presenciais.

    Muito Obrigada!!! e Parabéns.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *