7 Flores comestíveis fáceis de cultivar em casa!

with 1 comentário

flores comestíveis

Valor nutricional das flores comestíveis

O valor nutricional das flores comestíveis não foi muito estudado até à data, apenas se sabe que as flores comestíveis  possuem algumas vitaminas e minerais e têm baixo teor calórico. Contudo, o interesse crescente na sua utilização vai muito para além do valor nutricional. Presumo que a a maioria da sua utilização gastronómica é utilizada, sobretudo, para dar aquele toque especial a alguns pratos. São bastante versáteis e podem fazer parte de saladas, entradas, pratos principais e mesmo sobremesas.

 

É fácil distinguir as flores comestíveis?

Existe uma enorme variedade de flores comestíveis e muitas delas são provenientes de hortícolas e ervas aromáticas e medicinais conhecidas. Falo por exemplo das flores de curgete, de ervilha, de nabiça ou rabanete, de coentros, de erva-cidreira ou manjericão, salva ou oregãos, entre muitas outras. Existem ainda as flores comestíveis de plantas selvagens que crescem espontâneamente como é o caso das flores de borragem ou flores de dente de leão, malvas, etc.

Interessa salientar que em caso de dúvida na sua identificação, mais vale prevenir e não colher. Existem algumas flores que não são comestíveis por serem venenosas ou terem uma acção irritante para o nosso corpo. Falo de algumas plantas que crescem em jardins, como por exemplo as ervilhas de cheiro a arruda ou plantas bolbosas (como tulipas, anémonas, jacintos) e mesmo algumas flores de hortícolas, como o caso da flor da batata, tomate ou beringela. Devemos ter sempre o cuidado de nunca utilizar flores de origem desconhecida ou adquiridas em centros de jardinagem ou jardins públicos, pois podem ter estado sujeitas a exposição de produtos químicos ou outras contaminações.

 

Não basta que a flor seja apenas comestível, é importante que não cresça próximo a fontes de poluição.

flores-comestiveis

Algumas formas mais comuns de utilização de flores comestíveis

    • Saladas: podem salpicar as pétalas ou mesmo as flores inteiras. Devemos adicionar no final da preparação e tempero.
    • Sobremesas: adicionam-se pétalas ou flores inteiras a gosto para acrescentar cor ou aroma.
    • Pão, biscoitos e bolachas: acrescentam-se nas receitas de pão ou bolachas
    • Canapés: adicionam-se flores frescas de diversas formas, para decoração a gosto.
    • Cubos de gelo: vertemos água fervida em cuvetes, colocamos uma pétala ou flor em cada cubo (de acordo com o tamanho) e levamos ao congelador durante uma hora. Em seguida acrescentamos água fervida para preencher a cuvete e congelamos até solidificar.

 

 

 

Flores comestíveis fáceis de cultivar em casa

 

1. Amor perfeito

amor-perfeito

São uma opção excelente para cultivar e dar mais cor ao jardim em pleno Inverno. Não gostam de temperaturas elevadas (preferem temperaturas inferiores a 16ºC). Existem muitas espécies de amores-perfeitos ou violas. Eu prefiro cultivar na horta ou jardim cá de casa, as variedades com flor mais pequena (aparentemente dão mais flor e são menos sensíveis a doenças).

Já fiz sementeira e transplantação e não é um processo complicado, mas se não tiverem tanta sensibilidade para sementeiras, é mais fácil comprar as plantas em vaso. Na verdade acaba por ser uma das opções mais escolhidas, dado o custo baixo desta planta. Para promover mais floração, devemos sempre cortar as flores velhas e murchas.

Como utilizar?

As flores são utilizadas secas ou frescas ou mesmo cristalizadas. Podem ser utilizadas para fazer infusões, ou mesmo geleias ou então dar aquele toque especial de cor a vários pratos. Cá por casa utilizo as flores salpicadas em saladas, cubos de gelo e infusões frescas.

 

2. Calêndulas

calendulas

A Calêndula é uma planta herbácea anual, vejam aqui mais detalhes sobre este grupo de plantas. Pode ser utilizada com diversos fins medicinais, sendo utilizada frequentemente na preparação de infusões. É ainda utilizada com diversos fins cosméticos e gastronómicos.

A Calêndula requer muita exposição solar. A floração acontece sobretudo de Abril-Novembro e as suas flores fecham quando está escuro.

Uma curiosidades: . As egípcias usavam a calêndula para dar um brilho avermelhado no cabelo.

É ainda uma planta amiga da minha hortaO seu cultivo tem benefícios na horta, pois atrai muitos insetos úteis e produz grande quantidade de pólen.

 

Como utilizar?

Cá em casa utilizo também em saladas, canapés e mesmo sobremesas. Salpicada em cima de arroz acabado de fazer funciona também muito bem!

 

 

3. Chagas ou capuchinha

capuchinhas

A flor de chagas é também conhecida como flor de sangue, capuchinha, nastúrcio, entre outros nomes.

É uma das plantas mais conhecidas no reino das flores comestíveis. Florescem muito bem durante a Primavera e verão, mas não resistem às temperaturas extremas. Apresentam uma vasta variedade de cores e tamanhos, sendo a cor laranja e amarelo as mais comuns. São muito fáceis de propagar através de sementeira. Gostam de exposição solar direta não tolerando bem as geadas. Gostam de solos húmidos, mas não encharcados.

É ainda uma planta amiga da minha horta!

Como utilizar?

Quase toda a planta é comestível, desde as flores, folhas, botões e mesmo as sementes. As flores são ricas em vitamina C e apresenta um sabor ligeiramente picante, muito semelhante ao agrião, podendo ser utilizadas na decoração de diversos pratos.

 

 

4. Zínias

zinia

Fazem sucesso na ornamentação de jardins com a intensidade e diversidade de cor. São plantas muito fáceis de cultivar a partir de semente e geralmente germinam, florescem e morrem no período de um ano (plantas anuais).

São plantas que se adaptam muito bem as altas temperaturas, ideais para climas quentes e secos, não suportando baixas temperaturas nem geadas. Gostam de solos leves, bem drenados, rico em nutrientes, sendo indispensável manter o solo húmido durante a fase inicial de crescimento.

Uma curiosidade: As zínias são a segunda espécie de plantas que conseguiram germinar no espaço (depois da alface, em 2015). Foi a primeira flor a crescer dentro da estação Espacial Internacional.

 

Como utilizar?

As flores de zínias são utilizadas de diversas formas em especial na preparação de saladas e sobremesas.

 

5. Tagetes ou cravos-túnicos

tagetes

São plantas anuais e também conhecidas como cravo-da-índia, com várias espécies, cores e de fácil propagação. São muito fáceis de cultivar a mantêm um jardim florido durante todo o Verão e Outono.

Requerem boa exposição solar, devendo retirar-se as flores murchas para prolongar o período de floração.

É ainda uma planta amiga da minha horta!

Estas plantas, nomeadamente na floração, são boas repelentes de insetos, em especial a mosca branca e nematoides (presentes no solo). Devem ser plantadas em bordaduras das culturas. Tem sido demonstrados bons resultados no cultivo associado ao tomateiro, alho e roseiras.

Como utilizar?

Esta flor não é das mais comuns no mundo da cozinha. Contudo, as flores que possuem um cheiro muito forte, podem ser utilizadas na preparação de manteigas aromatizadas, patês e risotos.

 

 

6. Gerânios ou sardinheiras

sardinheiras

Os gerânios, vulgarmente conhecidos como sardinheiras, são um tipo de planta que permanece em constante florescimento desde a Primavera até ao Outono. Esta planta garante que o jardim ou varanda esteja sempre exuberante, com muita cor durante todo o verão.

Como utilizar

Estas flores têm um aroma cítrico e as suas flores frescas podem ser utilizadas em saladas. Ficam também bem em sobremesas com fruta e bebidas podendo ser congeladas em cubos de gelo.

 

7. Cravíneas

Cravineas

São muito conhecidas e fáceis de cultivar. São plantas anuais ou bi-anuais e acrescentam muita cor ao jardim. Gostam de bastante exposição solar e são tolerantes a temperaturas mais elevadas e climas mais secos.

Como utilizar?

Têm um sabor apimentado e podem ser utilizadas em saladas ou sobremesas. Podem ainda servir para aromatizar geleias ou vinagres.

 

Se gostaram deste artigo, partilhem com os vossos amigos e façam o cultivo das flores comestíveis que mais gostam! 🙂

 

Tenho ainda uma sugestão!

Se este artigo vos deixou com vontade de colocar as mãos na terra e iniciar  a vossa horta, tenho um workshop para vos ajudar! Aprendem na prática a cultivar a vossa primeira horta de hortícolas e aromáticas em vasos, varandas, pátios e outros pequenos espaços.

[cliquem na imagem para mais informações]

workshop-a-minha-horta-de-varanda

 

Follow A Caseiro:

Sou a Caseiro e amo cultivar! Todos os dias cultivo alimentos, mas também experiências novas que me enchem a alma.

One Response

  1. […] Floração: Floração ocorre na Primavera, Verão e Outono. Com flores das mais diferentes cores, ricas em carotenoides e vitamina C (bem versáteis e famosas na cozinha, combinando com saladas e queijos). Vejam aqui, mais flores comestíveis para plantar. […]

Leave a Reply

Cultivos da Época- saibam o que plantar em cada mês - 

Subscrevam a newsletter e recebam gratuitamente um calendário mensal com as variedades de legumes, ervas aromáticas, flores e frutos para plantar!

O seu consentimento é importante...