Cultivar morangos – manutenção e prevenção de doenças

with Sem comentários

 

Talvez seja uma das frutas mais cultivadas em casa, na horta, no jardim ou mesmo em vasos. São muitos os agricultores e jardineiros urbanos que escolhem cultivar morangos, nem que seja pela simples experiência de ver crescer e provar uma fruta plantada em casa.

O morangueiro é uma planta perene que pode ter um ciclo de vida entre 3 a 4 anos. É fácil de cultivar, mesmo em vaso pois não exige muito volume de substrato. Podemos cultivar 4 plantas numa pequena floreira de 10 Litros. No entanto, são importantes alguns cuidados de manutenção para manter plantas mais produtivas e resistentes a pragas e doenças. Neste artigo, partilho os 5 cuidados que me parecem mais pertinentes e poderão fazer toda a diferença na produção das vossas plantas.

 

1. Escolham os melhores morangos para plantar!

morangos da horta

Se já tiverem plantas, podem aproveitar os estolhos (caules que se estendem a partir da planta mãe e originam novas plantas), o modo mais fácil de propagação. Em caso de iniciarem o cultivo do zero, podem escolher comprar as plantas em vaso ou com raiz nua.

Existem muitas variedades de morangueiros disponíveis em viveiros, no entanto tenham em atenção que algumas variedades são mais adequadas para plantar na vossa horta, quer pelo seu ciclo (variedades de dia longo), quer pela sua produtividade e maior resistência a pragas. Das imensas variedades disponíveis, sugiro estas 4 variedades remontantes: Albion, San Andreas, Diamante, Buorbon, indicando em seguidas as vantagens de cada uma delas.

Variedade “Albion”: colheitas abundantes. Muito resistente a doenças, mas não gosta do calor – a uma temperatura acima de 30 ° C deixa de dar frutos.

Variedade“San Andreas”: é muito resistente a doenças fúngicas e pragas mas não tolera geadas.

Variedade“Diamante“: muito produtivo e muito resistente a pragas e doenças.

Variedade“Bourbon”: produz de Maio a Outubro. É resistente ao frio e tolera alguma falta de água. É ainda resistente a manchas e doenças provocadas por ácaros.

 

Sabiam que remontante deriva da palavra francesa “remontant” ? Significa que a planta tem capacidade de dar flor e frutificar mais do que uma vez no ano.”

Vejam aqui neste artigo, o significado de “variedades de dia longo” e “variedades de dia curto”

 

2. Podar e limpar os morangueiros

final do ciclo de frutificação do morangueiro

Podar e limpar durante o ciclo de frutificação

Nesta fase devem cortar as folhas velhas e os caules que já frutificaram. Para promover mais produção, devem cortar também todos os estolhos que forem crescendo, de modo a que a planta possa poupar energia para frutificar mais.

 

Podar e limpar no final do ciclo de frutificação

Nesta fase devem cortar todas as folhas, deixando apenas os rebentos que ficam no “coração da planta”. Esta limpeza, vai promover maior arejamento da planta e é importante para facilitar um tipo de “desinfecção de pragas” que ocorre na época de frio. O corte mais radical de toda a folhagem vai facilitar ainda uma poupança de energia da planta, para a época seguinte.

 

3. Façam cobertura de solo

 

A cobertura de solo é importante no cultivo de morangos e tem duas grandes vantagens. Os frutos ficam mais limpos evitando que apodreçam com tanta facilidade em épocas de chuva. Outra vantagem está associada à prevenção de pragas e doenças. A maioria dos agentes patogénicos está presente no solo. Assim, na chuva e na rega existe a possibilidade destes passarem para as folhas mais facilmente se o solo não estiver coberto. A cobertura de solo pode ser feita com vários tipos de materiais naturais ou adquiridos nos centros de jardinagem.

 

4. Não esquecer de fertilizar! 

 

A fertilização é muito importante. Como referi neste artigo, a maioria dos hortelões esquece de fertilizar as plantas da horta. Todas as plantas precisam de nutrientes, e as que frutificam, precisam de cuidados extra.

No final do Inverno, na fase prévia ao desenvolvimento vegetativo, é importante acrescentar húmus ou outro tipo de fertilizante rico em matéria orgânica e azoto. Na época de floração que antecede o aparecimento dos frutos, devemos incluir uma fertilização rica em potássio e fosforo. Podem adquirir no mercado várias opções já preparadas para frutos. Em alternativa, podem preparar em casa uma mistura simples de casca de banana, cascas de ovo trituradas e cinzas de madeira (sem contaminações). Esta mistura simples é rico nestes nutrientes (potássio e fósforo), necessários para melhorar a produção dos vossos morangueiros.

Podem ver aqui algumas sugestões de fertilizantes naturais que podem fazer em casa.

5. Conhecer as doenças e pragas mais comuns!

Os morangueiros podem ser atacados por fungos, vírus, ácaros, bactérias e diversas pragas como afídeos ou formigas.

O grande segredo para quem vai começar a plantar, é escolherem plantas saudáveis. As plantas saudáveis por normas são mais resistentes a pragas e doenças. Se todos os restantes cuidados de manutenção foram respeitados, conseguem ter boa produção e é fácil manter a mesma planta produtiva por 2 a 3 anos.

Como referi no ponto anterior e em vários artigos, a melhor forma de combater qualquer praga ou doença é a “Prevenção”. Se tiverem cuidados de manutenção adequados, as doenças e pragas são menos comuns. Se ainda assim, elas aparecerem como devem tratar?

Para prevenção: fazer rotação de culturas e plantar com outras boas associações de cultivo, como por exemplo espinafres, alho-francês, alho, alface.

Para tratar pragas e doenças que possa eventualmente aparecer: preparar estas receitas naturais ou comprar tratamentos adequados para agricultura biológica.

 

Gostaram deste artigo? Então partilhem com os vossos amigos! Se tiverem dúvidas ou questões sobre este tema, não hesitem em colocar todas as vossas questões. Ficarei muito feliz se poder ajudar!

Susana

Tenho ainda uma sugestão!

Se este artigo vos deixou com vontade de colocar as mãos na terra e iniciar a vossa horta, tenho um workshop para vos ajudar! Aprendem na prática a planear, semear, plantar e como manter a horta saudável e produtiva. Vai preparar-vos para darem os primeiros passos no mundo da agricultura urbana e biológica e poderem cultivar os vossos alimentos em casa!

[cliquem na imagem para mais informações]

workshop-a-minha-horta-urbana

Follow A Caseiro:

Sou a Caseiro e amo cultivar! Todos os dias cultivo alimentos, mas também experiências novas que me enchem a alma.

Leave a Reply

Cultivos da Época- saibam o que plantar em cada mês - 

Subscrevam a newsletter e recebam gratuitamente um calendário mensal com as variedades de legumes, ervas aromáticas, flores e frutos para plantar!

O seu consentimento é importante...