Hortelã – como cultivar e utilizar!

with Sem comentários

hortelã

Os benefícios da Hortelã

Diria que é raro encontrar quem não goste de hortelã, sobretudo do seu aroma fresco.  É muito utilizada em receitas culinárias pelo mundo todo, em infusões, em adorno de vários pratos, saladas, bebidas e doces. A hortelã possui ainda vitaminas A, B e C, minerais, cálcio, fósforo, ferro e potássio. As propriedades terapêuticas são imensas.

Na medicina popular é utilizada para tratamento de problemas de estômago, pois é digestiva, além de ajudar no tratamento de diarreias infantis e dores abdominais.  Tem uma acção expectorante conhecida, pelo que é recomendada em gripes e constipações e outros problemas respiratórios como bronquites asma.

 

Uma curiosidade: A hortelã é utilizada desde a antiguidade. Os árabes decoravam as mesas dos banquetes com hortelã para estimular o apetite dos convidados.

Vejam este artigo com receita de infusões do meu jardim


A hortelã é uma erva aromática com crescimento agressivo, existindo diversas variedades. Pode ser semeada, mas é mais fácil de propagar por enraizamento de estacas de caules. Para cultivar a hortelã é necessário ter solo fértil em matéria orgânica, com boa drenagem e não é esquisita em relação ao sol ou sombra. Gosta de terra húmida mas sem encharcar. Para evitar que cresça descontroladamente, deve ser plantada num recipiente fundo, ou num canteiro ou vaso isolado.

 

hortelã-como-cultivar-e-utilizar
colheita de hortelã em vaso (casa da minha mãe)

 

Como Cultivar Hortelã

A hortelã é uma planta que se adapta muito bem a diversos ambientes. A temperatura óptima para o seu crescimento varia entre 18ºC a 25ºCiria, mas é bastante resistente ao frio, abrandando o seu crescimento no Inverno.

Tipo de planta: planta herbácea vivaz, com um ciclo de vida igual ou superior a dois anos.

Luz: gosta de locais com bastante sol, ma tolera bem a meia sombra.

Rega: Gosta de terra húmida, devendo regar regularmente, não deixando nunca secar a terra.

Plantar e semear: Podem semear mas é mais fácil reproduzir a planta por estaca, a partir de um caule com raiz, preferencialmente na Primavera e Outono. Podem transplantar a planta em vaso durante todo o ano.

Fertilização:  como gosta de matéria orgânica, devem colocar húmus de minhoca ou composto com periodicidade mínima trimestral.

Benefícios na horta:  A hortelã faz boa associação com o tomate e o repolho e outras couves. (colocar em vasos e não no solo, devido ao seu crescimento invasivo). vejam aqui outras plantas amigas da horta.

Pragas e doenças: O melhor é evitar o excesso de água no solo e nas folhas para evitar doenças causadas por fungos como o oídio e antracnose. Pode ainda ser atacada por ácaros, como a famosa aranha vermelha que é típica de climas quentes. Vejam aqui tratamentos para doenças.

Quando colher: podem colher durante todo o ano, mas o aroma e sabor é melhor ao longo do verão e no início do Outono.

 

Plantar hortelã em vaso – dicas importantes

Se plantar em vaso deve escolher um vaso grande, com o volume mínimo de 7-10 Litros e 30 cm de profundidade com boa drenagem. Como é invasora, devem ter o cuidado de não plantar junto com outras plantas, pois as raízes desenvolvem-se de tal modo que acabam por ocupar todo o espaço do vaso.

Como Plantar: colocar cerca de 1 Litro de argila no fundo do vaso, depois a malha geotêxtil e depois o substrato. No final acomodam a vossa planta sem esquecer de regar.

 

Colheita e utilização da hortelã

Dizem que a hortelã  é estimulante para o corpo e mente! É sem dúvida uma planta aromática amplamente utilizada na cozinha numa diversidade enorme de pratos, bebidas, saladas, infusões, doces ou sobremesas.

Espreitem este vídeo no Plantit canal, com dicas práticas para colher hortelã de modo a incentivar um crescimento saudável da planta.

 

Sugestões de utilização da hortelã

Cá em casa utilizo essencialmente em infusões e bebidas, como limonada, laranjada, sangria e os famosos “mojitos”. Gosto ainda de utilizar para aromatizar algumas sobremesas (mousse de chocolate e saladas de fruta) e na preparação de molho de iogurte para preparação de wraps leves com atum.

Deixo ainda esta sugestão de uma das infusões do meu jardim preferidas: Infusão de Hortelã, Limão e Gengibre.

 

Se gostaram deste artigo, não esqueçam de partilhar com os vossos amigos e familiares. Bons cultivos! 🙂

Susana

Tenho ainda uma sugestão!

Se este artigo vos deixou com vontade de colocar as mãos na terra e iniciar o vosso jardim de ervas aromáticas, tenho um workshop para vos ajudar! Aprendem na prática a planear, semear, plantar, identificar e a cultivar mais de 12 variedades de ervas aromáticas.

[cliquem na imagem para mais informações]

 

 

Follow A Caseiro:

Sou a Caseiro e amo cultivar! Todos os dias cultivo alimentos, mas também experiências novas que me enchem a alma.

Deixe um comentário